Olivia Hallisey

Dispositivo de detecção rápida do ebola no local, portátil e independente da temperatura, que funciona por meio de um sistema de fluxo lateral derivado da seda

Olivia Hallisey, EUA Vencedora do prêmio principal, 16-18

Os métodos atuais de detecção do ebola são complexos e caros. Eles exigem refrigeração permanente desde a fabricação até o uso e até 12 horas de teste para confirmar o diagnóstico. Esta pesquisa criou um cartão de teste do ebola (EAC, na sigla em inglês) "estável e armazenado a temperatura ambiente" que não depende da temperatura. Esse cartão utiliza as propriedades estabilizadoras da fibroína da seda para liberar o teste da cadeia de frio e permitir a detecção ativada por água dos antígenos do ebola, com limites de detecção que são análogos às atuais técnicas da metodologia ELISA sanduíche. O EAC permite a detecção rápida, acessível e precisa de antígenos virais do ebola com base em alterações de cor no período de 30 minutos antes de as pessoas apresentarem sintomas e entrarem no período contagioso.