Charlie Fenske

Como tornar os foguetes mais eficientes

Charlie Fenske, EUA Vencedor do Prêmio Pioneer (pioneiro, em inglês) da Virgin Galactic, 16-18

Charlie, 16 anos, mora na ilha de Martha's Vineyard, Massachusetts, Estados Unidos, e é fascinado por engenharia aeroespacial, principalmente por foguetes. Os foguetes são usados em diferentes áreas, como exploração espacial, pesquisa ambiental e sistemas de posicionamento global que nos ajudam a identificar rotas com os aplicativos de mapas nos smartphones. Ele constrói foguetes desde o 6º ano e, recentemente, decidiu descobrir se poderia tornar os foguetes a jato ainda mais eficientes. No funcionamento típico, o jato é controlado por estabilizadores verticais construídos com peças mecânicas complexas, que podem sobrecarregar o mecanismo e reduzir a velocidade e a altitude. Depois de testar vários tipos de estabilizadores verticais, Charlie determinou que os atuadores de jato sintético permitem o melhor controle aerodinâmico para os foguetes. Quanto mais eficientes forem os foguetes, menos combustível eles usarão, o que mantém os custos baixos. Charlie acredita que, se o atuador de jato sintético for usado na fabricação de todos os foguetes, o desempenho deles nas missões na Terra ou no espaço será ainda melhor.