Nishita Belur

Carros sem falhas usando a luz

Nishita Belur, EUA Finalista global, 13-15

Nishita tem 13 anos e é de San José, Califórnia, nos Estados Unidos. Ela adora codificação, física e biologia. Impressionada com a forma como os carros são fabricados, ela ficou surpresa ao descobrir que especialistas realizam testes visuais aleatórios em uma etapa posterior do processo de fabricação dos automóveis para determinar subjetivamente se a parte exterior de um carro tem defeitos. Isso pode levar a correções caras, desacelerar a produção e diminuir a relação de custo-benefício de todo o processo. Nishita decidiu criar um sistema automatizado de avaliação que pode encontrar com precisão defeitos nas chapas metálicas no início do processo de fabricação. O sistema criado por ela analisa a reflexão da luz para detectar amassados, arranhões e outros defeitos que não são vistos facilmente pelo olho humano. Ela acredita que o sistema possa ser facilmente implementado em braços robóticos nas linhas de produção automatizadas de automóveis. Além disso, Nishita espera que o projeto possa ajudar a diminuir o desperdício nas fábricas, melhorar a qualidade dos carros e manter os custos baixos.